×

Atenção

JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 189
Você está aqui:PolíticaO folclore das ideias parlamentares

O folclore das ideias parlamentares

Publicado em Política

Curiosos, simples, polêmicos. São vários os tipos de projetos de lei apresentados pelos vereadores das Câmaras Municipais da região. Não entrando no mérito se vão vingar ou não, se representam a vontade dos seus eleitores, ou se fazem parte mais do quesito “quantidade em vez de qualidade” – eis algumas das ideias dos parlamentares municipais.

 

O vereador Ralfi Silva (PODE) planeja apresentar na Câmara de Osasco um projeto de lei pela proibição carroças puxadas por animais no município. Ele afirma que este meio de transporte de carga maltrata os animais.

 

O vereador Ralfi Silva (PODE) planeja apresentar na Câmara de Osasco um projeto de lei pela proibição carroças puxadas por animais no município. Ele afirma que este meio de transporte de carga maltrata os animais.

 

Também em Osasco, projeto de lei de autoria do vereador Alex da Academia (PDT) pretende criar o velório virtual no município. A intenção é atender quem não pode comparecer, mas deseja prestigiar o familiar ou conhecido que morreu. 

 

De acordo com o projeto, as transmissões dos velórios seriam feitas em tempo real e pela internet, desde que tenham a concordância dos familiares da pessoa falecida. Cada família receberia uma senha, por meio de programa próprio, em página eletrônica criada pelo velório.

 

Não só casamento comunitário: projeto de lei de autoria de Josias da Juco (PSD) quer instituir no calendário oficial de Osasco o Baile de Debutantes Comunitário. Objetivo é permitir que famílias carentes tenham festa de 15 anos custeada pela prefeitura. 

 

Dias e semanas

Projetos criando dias especiais e semanas educativas a determinado tema também são comuns na região. Alguns em número exagerado, como em Barueri. 

 

Um dos projetos em tramitação na Câmara Municipal de Osasco estabelece a criação do Dia do Obreiro Universal no calendário oficial da cidade. A data seria celebrada anualmente no terceiro domingo de agosto, estabelece o projeto de lei 76/2017, do vereador Ricardo Silva, do PRB, partido ligado à Igreja Universal.

 

Em Barueri, já é lei o projeto de autoria do vereador Rafael Valério Carvalho (DEM), o “Rafa Gente da Gente”, que instituiu no calendário oficial do município o “Dia do Missionário”, a ser comemorado no segundo mês de setembro.

 

Em relação às semanas educativas, a Câmara de Barueri aprovou 12 este ano. Já existem semanas para a maturidade, karatê, cidadania escolar e capoeira, entre tantos outras. A dúvida dos próprios vereadores é se a Prefeitura dará sequência às ideias, divulgando os assuntos e organizando eventos.

 

Porém, nada mais “estranho” que os projetos de vereadores que homenageiam os próprios vereadores – a Câmara barueriense já aprovou dois este ano, concedendo títulos de Cidadão Benemérito a vereadores ainda na ativa.

.

 

Lido 1257 vezes
Avalie este item
(0 votos)

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Quem Somos

Empresa jornalística da região oeste da grande São Paulo que produz informação com transparência, credibilidade, qualidade e agilidade, buscando sempre o aprimoramento da democracia.

Circulação

Barueri, Cotia, Osasco,
Carapicuiba, Itapevi, Jandira,
Santana de Parnaíba e Pirapora do Bom Jesus.

Onde Estamos

Sede própria:
Av. São Paulo das
Missões nº 81
Barueri/SP
CEP 06411-300
Fone (11)4198-4014

Newsletter

Cadastre-se

Lembrar-me