Você está aqui:PolíticaMinistro do STF, Teori Zavascki morre em queda de avião

Ministro do STF, Teori Zavascki morre em queda de avião

Publicado em Política

Teori Zavascki, ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), relator da Operação Lava-Jato morreu na tarde desta quinta-feira, 19, depois que o avião em que ele viajara caiu no mar na região de Paraty, no litoral do Rio de Janeiro.

 

Teori era o responsável por decisões que envolvem políticos com foro privilegiado. Na quarta-feira, interrompeu as férias e voltou ao Supremo Tribunal Federal (STF) para analisar as delações premiadas dos executivos da Odebrecht. A homologação permite que os depoimentos sejam usados para abrir novas investigações. De acordo com a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), a aeronave modelo King Air C90, prefixo PR-SOM, decolou às 13h01min do Campo de Marte, em São Paulo, com destino a Paraty, com quatro pessoas a bordo. A aeronave pertence a Emiliano Empreendimentos e Participações Hoteleiras.

 

O Corpo de Bombeiros informou que o avião caiu no mar, próximo à Ilha Rasa, e está parcialmente submerso. No momento, 50 militares e três embarcações da Marinha do Brasil estão envolvidos nas buscas, além da equipe do Corpo de Bombeiros do estado do Rio de Janeiro e de barcos pesqueiros. O Navio Patrulha Oceânico "Amazonas" irá para o local do acidente.

 

Segundo informação da prefeitura de Paraty, duas escunas estão dando sustentação para que o avião não afunde. O local é raso, com cerca de quatro metros de profundidade. A região onde o avião caiu é uma área de circulação de muitas embarcações. Na hora do acidente, chovia forte em Paraty e a região estava em estado de atenção.

 

Sucessão

Com a morte do ministro, de acordo com o Regimento Interno da Corte, o relator dos processos da Lava-Jato deverá ser o próximo ministro a ser indicado pelo presidente Michel Temer. Para chegar à Corte, o substituto deverá passar por sabatina na Comissão de Constituição de Justiça (CCJ) do Senado e ter o nome aprovado pelo plenário da Casa.

 

Luto

 O juiz federal Sergio Moro, responsável pela Operação Lava-Jato, afirmou que Teori foi "um herói" e que está perplexo com o acidente. "Sem ele, não teria havido Operação Lava-Jato", escreve o magistrado.

 

Em um rápido pronunciamento, o presidente Michel Temer classificou o acidente como um "doloroso acontecimento" e referiu-se a Teori como um "um homem de bem, orgulho para todos os brasileiros". Ele decretou luto oficial no país por três dias.

Lido 640 vezes
Avalie este item
(0 votos)

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Quem Somos

Empresa jornalística da região oeste da grande São Paulo que produz informação com transparência, credibilidade, qualidade e agilidade, buscando sempre o aprimoramento da democracia.

Circulação

Barueri, Cotia, Osasco,
Carapicuiba, Itapevi, Jandira,
Santana de Parnaíba e Pirapora do Bom Jesus.

Onde Estamos

Sede própria:
Av. São Paulo das
Missões nº 81
Barueri/SP
CEP 06411-300
Fone (11)4198-4014

Newsletter

Cadastre-se

Lembrar-me