Você está aqui:PolíticaOperação Caça-Fantasmas prende vereadores em Osasco

Operação Caça-Fantasmas prende vereadores em Osasco

Publicado em Política

Na manhã desta terça-feira, o Ministério Público do Estado de São Paulo deflagrou mais uma fase da operação Caça-Fantasmas. Cerca de onze vereadores da cidade foram presos. No total, foram expedidos 15 mandados de prisão contra vereadores de Osasco. O prefeito eleito, vereador Rogério Lins (PTN), também teve a prisão preventiva decretada, porém ele que não foi localizado na sua residência porque, segundo a polícia estaria viajando.

 

A operação Caça-fantasmas foi deflagrada em agosto de 2015 com o objetivo de desestruturar um esquema de funcionários fantasmas e captação de dinheiro de parte do salário dos assessores dos vereadores. A denúncia oferecida nesta semana envolve 217 pessoas, entre vereadores, assessores e fantasmas. Segundo estimativa do Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado (Gaeco) de Osasco, coordenado pelo promotor de Justiça Gustavo Albano, o esquema desviou R$ 21 milhões.

Lido 546 vezes
Avalie este item
(0 votos)

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Quem Somos

Empresa jornalística da região oeste da grande São Paulo que produz informação com transparência, credibilidade, qualidade e agilidade, buscando sempre o aprimoramento da democracia.

Circulação

Barueri, Cotia, Osasco,
Carapicuiba, Itapevi, Jandira,
Santana de Parnaíba e Pirapora do Bom Jesus.

Onde Estamos

Sede própria:
Av. São Paulo das
Missões nº 81
Barueri/SP
CEP 06411-300
Fone (11)4198-4014

Newsletter

Cadastre-se

Lembrar-me