Imprimir esta página

Como é encaminhado o nascimento

Publicado em Opinião

Rogelio foi encaminhado à reencarnação compulsória. Tratá-lo estava difícil devido seu estado. Precisava de um recomeço. Entidades amigas o encaminharam para os preparativos de uma nova jornada. Nasceria na mesma família e teria como mãe uma neta e pai um amigo querido de antiga encarnação. Ingressou então no Instituto de Reencarnações e após o preparo submetido ao processo de “restringimento”. Método usado para espíritos mais comprometidos. Devido à delicadeza da situação duraria mais de um ano. Iniciou com uma faze de “sono letárgico”, quando vai se “despojando da parte mais grosseira do corpo espiritual”. Vencida esta etapa, a mais dificultosa, depois do uso de técnicas apropriadas, é conservado em forma de sêmen espiritual em local adequada. Está pronto para nascer esquecido do passado. Guarda em seu psiquismo apenas tendência no seu lado boa e os vícios que precisará corrigir na nova existência. Contará com intuição e apoio desses amigos espirituais que ajudaram. Cabe aos serviços de apoio a condução para participar da fecundação espiritual que se dá instantaneamente a fecundação material. A mãe, neste caso, o ingere e a natureza faz o restante. Daí para frente, aproveitando os elementos do psiquismo, e influenciados pela mãe, gradualmente, o embrião toma forma e desenvolve o que se chama ontogênese. A encarnação só se completará aos sete anos de idade após o nascimento físico. Obs.: Existem espíritos que merecendo tem sua encarnação sem esse processo todo. Resumo do capitulo 7 livro “Imagens do Além” de Heigorina Cunha/Espírito Lucius.

*Roberto Sérgio Carneiro Contador, atualmente aposentado E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Lido 9098 vezes
Avalie este item
(1 Votar)