×

Atenção

JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 189

Indefinições de vices levantam nomes desconhecidos e velhos conhecidos

Publicado em Política

Na indefinição de possíveis candidatos a vice dos candidatos a presidente e governador o cenário político esquenta com as articulações de partidos para se manterem relevantes e com mais força.

 

O prazo final para a definição das chapas é neste domingo, dia 5 de agosto, quando os partidos precisam realizar as convenções nacionais, e a maioria dos postulantes à presidência da república e ao governo dos estados ainda não conseguiram definir qual vice escolher para a disputa das eleições em outubro

 

Após as convenções é necessário o registro dos nomes no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) até o dia 15 de agosto, e então têm início oficial as campanhas eleitorais.

 

Os únicos partidos que vão disputar a presidência da república que já definiram seus vices são: PSOL, PSTU e Democracia Cristã. Guilherme Boulos definiu a vice Sonia Guajajara, Vera Lúcia definiu o vice Hertz Dias e Eymael definiu o Pastor Helvio Costa como vice.

 

Ciro Gomes (PDT), Jair Bolsonaro (PSL) e Paulo Rabello de Castro (PSC) já foram oficializados por seus partidos como candidatos a presidente. Mas ainda correm contra o tempo para definir um vice até domingo.

 

Geraldo Alckmin (PSDB), Henrique Meirelles (MDB), Lula (PT), Manuela D’Ávila (PCdoB), Marina Silva (Rede) e Álvaro Dias (Podemos) ainda se encontram na condição de pré-candidatos, aguardando oficialização das candidaturas no fim de semana. Todos estão em busca de um vice.

 

O Partido Novo, segundo a assessoria da legenda, vai oficializar a chapa com candidato a presidente e vice durante sua convenção nacional, no sábado (4). O encontro partidário deve definir o nome de João Amoêdo à frente da chapa, com Christian Lohbauer como vice.

 

No caso de Ciro Gomes (PDT) o presidente do partido, Carlos Lupi, diz acreditar que o principal empecilho para a definição dos vices são as negociações ainda em andamento das coligações.

 

"Você não tem vice se não tem o partido. Primeiro, tem que ter o partido para depois ter vice", declara Lupi. Segundo ele, a definição do vice de Ciro Gomes será somente no domingo, último dia do prazo.

 

Governadores

Mesma situação é encontrada pelos postulantes aos governos de todos os estados. Em São Paulo por exemplo, Márcio França (PSB), está avaliando indicar uma mulher para o posto de vice, mas até agora nada definido, segundo o partido o nome será definido na convenção neste sábado (4), dois nomes foram cogitados esta semana, Maurren Maggi, medalhista olímpica e Eliane Nikoluk, coronel da Polícia Militar de SP.

 

Adversários eleitorais de França, João Dória (PSDB) e Paulo Skaf (MDB) já confirmaram seus vices no último sábado, 28, junto a suas candidaturas, no caso de Dória, seu vice será o deputado federal e ex-secretário de Habitação, Rodrigo Garcia (DEM). Já Skaf escolheu a a tenente-coronel da PM, Carla Basson.

 

Márcio França pode indicar Jorge Lapas como vice

Esta semana o presidente do PDT, partido de Márcio França, Carlos Lupi, apresentou três nomes do partido para França escolher, o presidente da Central dos Sindicatos Brasileiros (CSB), Antonio Neto, e dois ex-prefeitos da região metropolitana de São Paulo, Jorge Lapas (Osasco) e Marcelo Candido (Suzano).

 

"Estamos apresentando três nomes para compor a chapa com Márcio França: o Neto, presidente da CSB, o Lapas, ex-prefeito de Osasco, e o Marcelo, ex-prefeito de Suzano. Cada um tem uma característica expressiva. Esses três nomes vão ser colocados, vou conversar", disse Lupi. O presidente do PDT embarcou de Brasília para São Paulo no início da noite desta terça-feira, 31, justamente para tratar do assunto. (foto: Rodrigo Petterson)

Lido 1873 vezes
Avalie este item
(0 votos)

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Quem Somos

Empresa jornalística da região oeste da grande São Paulo que produz informação com transparência, credibilidade, qualidade e agilidade, buscando sempre o aprimoramento da democracia.

Circulação

Barueri, Cotia, Osasco,
Carapicuiba, Itapevi, Jandira,
Santana de Parnaíba e Pirapora do Bom Jesus.

Onde Estamos

Sede própria:
Av. São Paulo das
Missões nº 81
Barueri/SP
CEP 06411-300
Fone (11)4198-4014

Newsletter

Cadastre-se

Lembrar-me