×

Atenção

JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 189
Você está aqui:CidadesPrefeitura de Itapevi realiza “Cobrança Amigável” de IPTU e ISS

Prefeitura de Itapevi realiza “Cobrança Amigável” de IPTU e ISS

Publicado em Cidades

A Secretaria da Receita de Itapevi iniciou no final de abril a notificação extrajudicial dos débitos de munícipes com a Prefeitura. A iniciativa, denominada “Cobrança Amigável”, visa o aumento da arrecadação municipal, ao mesmo tempo em que permite ao contribuinte parcelar os débitos em até 36 vezes.

 

Até o momento, cerca de 10 mil contribuintes já foram notificados sobre as dívidas relativas a IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano), ISSQN (Imposto sobre Serviço de Qualquer Natureza) e outras taxas municipais.

 

"Esperamos uma boa melhora na arrecadação. Em maio, primeiro mês que os munícipes receberam as notificações, tivemos em parcelamentos uma alta de mais de 200%, comparado ao mesmo período do ano passado”, explicou Luiz Cláudio de Freitas, secretário municipal da Receita. Ainda segundo ele, não há desconto de multas e juros. “A Cobrança Amigável tem como objetivo dar oportunidade aos contribuintes de pagarem as contas, ao invés de serem protestadas”.

 

Com a notificação, o aumento do número de parcelamentos subiu de 81 (maio/2016) para 183 (maio/2017). Em valores, o acréscimo da receita também foi significativo. A arrecadação em parcelamentos no mês passado foi de R$ 2 milhões, contra R$ 641 mil arrecadados em maio de 2016.

 

Nas próximas semanas, mais 10 mil novas correspondências serão enviadas. O valor mínimo é de R$ 100 para a emissão da notificação. Assim que o contribuinte recebe o aviso, ele deve se dirigir à Secretaria da Receita (Av. Presidente Vargas, 405, térreo, Vila Nova Itapevi) para fazer a projeção dos débitos e solicitar o parcelamento em até 36 vezes.

 

Após o acordo, o setor de pós-parcelamento faz o acompanhamento dos pagamentos e mantém contato direto com o contribuinte.

 

Para quem não atender a notificação extrajudicial, a Prefeitura pode fazer o protesto do débito, inscrever o contribuinte em Dívida Ativa e, finalmente, ingressar com a execução fiscal, por cobrança judicial.

 

Segundo informações da Secretaria da Receita, a Prefeitura de Itapevi tem a receber cerca de R$ 460 milhões em Dívida Ativa. O IPTU é o campeão de atrasos, sendo responsável por quase 50% da inadimplência.

 

Lido 4160 vezes
Avalie este item
(2 votos)

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Quem Somos

Empresa jornalística da região oeste da grande São Paulo que produz informação com transparência, credibilidade, qualidade e agilidade, buscando sempre o aprimoramento da democracia.

Circulação

Barueri, Cotia, Osasco,
Carapicuiba, Itapevi, Jandira,
Santana de Parnaíba e Pirapora do Bom Jesus.

Onde Estamos

Sede própria:
Av. São Paulo das
Missões nº 81
Barueri/SP
CEP 06411-300
Fone (11)4198-4014

Newsletter

Cadastre-se

Lembrar-me