×

Atenção

JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 189
Você está aqui:CidadesImigrantes e refugiados reiniciam suas vidas em São Paulo

Imigrantes e refugiados reiniciam suas vidas em São Paulo

Publicado em Cidades

A questão dos refugiados assume dimensões mundiais preocupantes. Dados do Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (Acnur) dão conta da existência de 61 milhões de pessoas obrigadas a deixar os seus locais de origem devido a perseguição política e conflitos.

 

A maior parte delas busca refúgio em países em desenvolvimento. Na terça-feira (20) foi o Dia Mundial dos Refugiados e, para celebrar a data, foi realizado na Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania o I Encontro Estadual sobre Migração e Refúgio.

 

No evento realizado na segunda-feira anterior na sede da Secretaria, em iniciativa conjunta com o escritório do Acnur no Brasil e pelo Comitê Estadual para Refugiados (CER/SP), a diretora de Migrações e Refúgio do Comitê Nacional para Refugiados (CONARE), Silvana Borges, disse que neste ano já foram protocolados 10.500 pedidos de refúgio no Brasil. O órgão é responsável pela análise das solicitações de pedidos de refugiados, encaminhadas pela Polícia Federal.

 

CIC do Imigrante

O Centro de Integração do Imigrantes (CIC do Imigrante) também foi tema de um dos painéis do encontro. O programa da Secretaria da Justiça foi criado pelo Governo do Estado para promover o acesso de imigrantes e refugiados a direitos e programas sociais. O equipamento surgiu a partir da crise que marcou a entrada em massa no país de imigrantes do Haiti, devido ao terremoto que provocou milhares de vítimas e arrasou a economia local, em 2010.

 

De acordo com dados da coordenadora da unidade, Silvana Pereira, foram atendidas em 2015, 1.547 pessoas, a maioria delas provenientes do Haiti. Em 2016, esse número subiu para 4.036 atendimentos e este ano está em 1.759 atendimentos.

 

No CIC, imigrantes e refugiados contam com diversos tipos de serviços, que incluem o encaminhamento para retirada de documentos de identidade e carteiras profissionais, e participação em programas sociais, na área da saúde, educação e justiça.

 

O CIC do Imigrante também presta serviços de intermediação ao mercado de trabalho por meio do Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT), da Secretaria de Emprego e Relações do Trabalho do Estado instalado na unidade, cursos de português, panificação e jardinagem, e realização de mutirões pelo programa de Jornada da Cidadania.

 

Lido 629 vezes
Avalie este item
(0 votos)

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Quem Somos

Empresa jornalística da região oeste da grande São Paulo que produz informação com transparência, credibilidade, qualidade e agilidade, buscando sempre o aprimoramento da democracia.

Circulação

Barueri, Cotia, Osasco,
Carapicuiba, Itapevi, Jandira,
Santana de Parnaíba e Pirapora do Bom Jesus.

Onde Estamos

Sede própria:
Av. São Paulo das
Missões nº 81
Barueri/SP
CEP 06411-300
Fone (11)4198-4014

Newsletter

Cadastre-se

Lembrar-me