×

Atenção

JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 189
Você está aqui:CidadesLevantamento mapeia violência em Barueri

Levantamento mapeia violência em Barueri

Publicado em Cidades

Secretária de Segurança da Prefeitura fala ao Cidade de Barueri sobre seus 40 dias na função

Em 40 dias de trabalho à frente da Secretaria de Segurança e Mobilidade Urbana de Barueri, a secretária Regina Mesquita afirma, em entrevista ao Cidade de Barueri, que a pasta realizou um trabalho de levantamento e monitoramento dos problemas existentes no município. O estudo, segundo ela, identificou os bairros com os índices mais altos de furtos e roubos. O problema maior, no entanto, tem sido o tráfico de entorpecentes: “mas nosso êxito está sendo em média de até três prisões ao dia”, destaca a secretária.

 

Em relação aos roubos, a secretária diz que a Guarda Municipal está em ronda preventiva o tempo todo, e que os índices já diminuíram em janeiro e fevereiro. A queda, segunda ainda Regina, está relacionada à parceria da Guarda Municipal, Polícia Militar e Polícia Civil. “Peguei uma cidade com índices de violência muito elevados, e por isso fizemos o trabalho de monitorar a cidade inteira e principalmente nos pontos mais críticos”, comenta.

 

Em relação aos homicídios, Barueri registrou alta de 18 em 2015 para 22 em 2016. “Vamos ter que colocar polícia nas ruas. As operações estão sendo feitas, e a Segurança precisa trabalhar para abaixar esses índices. Hoje já tivemos uma melhora, e trabalhamos com esta meta de diminuir (os homicídios)”, explicou.

 

Pancadões

O que também mais têm incomodado o cidadão barueriense são os “pancadões” e os bailes funk. Na tentativa de inibir o problema, a secretária afirma que a Prefeitura tem realizado patrulhamento nas ruas com a Guarda Municipal, e a equipe de serviços reservados tem monitorado a cidade. “Esses bailes são agendados principalmente através de redes sociais. Hoje eles alugam chácaras, estacionamentos e terrenos para estes eventos, e com base nisso nossa equipe de reservados elabora um levantamento e os passa para a Guarda fazer a prevenção, e é através deste nosso serviço que conseguimos combater”, explica a secretária.

 

Fiscalização

No Centro de Barueri, próximo ao Pronto-Socorro, a equipe do Jornal Cidade de Barueri constatou vários carros com placas de outros municípios estacionados o dia inteiro no local, tomando espaço de veículos cujos motoristas à procura do serviço médico precisam estacionar.

A secretária, por outro lado, explica que a maioria dos carros estacionados em frente ao Pronto-Socorro Central ou nas proximidades é de pessoas que buscam os recursos da Saúde em Barueri. “São pessoas que vêm de Osasco, Carapicuíba, Jandira, Itapevi e Santana de Parnaíba, onde os sistemas de saúde não têm a mesma acessibilidade. Já tivemos também queixa em relação às vagas de estacionamento do cemitério, onde pessoas deixam o carro, pegam o trem e vão trabalhar”, conta Regina. “O nosso estudo é fazer uma reestruturação de todo o trânsito na cidade de Barueri, por isso vamos colocar uma pessoa no local para orientar e dizer que as vagas são para as pessoas que vão ao velório e ao cemitério”, complementa.

 O Demutran, segundo ela, está elaborando um estudo de “rotatividade das vagas de estacionamento”, em que o agente de trânsito anotará a placa e enviará uma carta para a residência do condutor, informando sobre o uso correto da vaga...

 

Operação Carnaval Para o carnaval, segundo Regina, está previsto um patrulhamento em conjunto entre a Guarda Municipal e a Polícia Militar, na avenida Guilherme P. Guglielmo (Centro), para os desfiles de escolas de samba; e para o evento “Carnaval com Cristo”, dentro do ginásio José Corrêa.

 

Regina Mesquita é advogada criminalista. Trabalhou durante 30 anos em base criminal. Foi casada durante 37 anos com o coronel da Polícia Militar Edson Santos da Silva, ex-secretário de Segurança de Barueri, que faleceu no mês de novembro de 2016. Aposentada desde 2007, passou ajudar seu esposo a desenvolver projetos sociais e também nas tarefas da Secretaria de Segurança, mesmo não sendo servidora municipal. O convite para ser secretária de segurança foi aceito por ela para colocar em prática um projeto de reestruturação que havia sido elaborado por seu esposo.

Lido 3270 vezes
Avalie este item
(1 Votar)

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Quem Somos

Empresa jornalística da região oeste da grande São Paulo que produz informação com transparência, credibilidade, qualidade e agilidade, buscando sempre o aprimoramento da democracia.

Circulação

Barueri, Cotia, Osasco,
Carapicuiba, Itapevi, Jandira,
Santana de Parnaíba e Pirapora do Bom Jesus.

Onde Estamos

Sede própria:
Av. São Paulo das
Missões nº 81
Barueri/SP
CEP 06411-300
Fone (11)4198-4014

Newsletter

Cadastre-se

Lembrar-me